Ceia da Árvore com Peru de Natal

Receita Peru de Natal Sadia Ceia da Árvore NatalPeru de Natal

Eu ignorava haver um dia específico para montar a Árvore de Natal. Durante toda a minha vida, Natal se passava na casa dos avós e sempre que a família chegava, a Árvore já estava montada. Quando essa casa deixou de existir, o sentido e a comemoração da data mudaram. As vozes dos primos, meu doce avô Alencar, a campainha anunciando mais um convidado, as pequenas luzes piscando, o brinde dos adultos, a mesa dedicada aos pequenos, o cheiro de comida afetiva… de tudo isso sinto falta e me contento em saborear as boas lembranças. Não me ocorreu um dia montar uma Árvore, produzir uma ceia, reunir as pessoas distantes, até que um convite me fez repensar o assunto.

Receita Peru de Natal Sadia Ceia da Árvore Natal

Através da Sadia eu soube que, segundo a tradição, o dia correto para montagem da Árvore é o quarto domingo antes do Natal. Em 2013, será 1º de dezembro. Essa informação veio seguida da proposta para participar da Ceia da Árvore e reunir minha família e amigos para uma refeição com Peru de Natal, planejarmos as comemorações de final de ano e iniciarmos a decoração da casa. Tudo me parecia delicioso, exceto a decoração tradicional. Ela não fazia sentido para mim e eu definitivamente não a forjaria para vocês.

Receita Peru de Natal Sadia Ceia da Árvore Natal

Eram 3 da manhã quando descobri a minha Árvore de Natal ideal: uma árvore dos desejos e da gratidão! Prontamente enviei um e-mail para a família e para os amigos que moram longe, explicando a idéia e pedindo que cada um fizesse um desejo mentalizando esse momento de nascimento e de início de um novo ciclo. Ao acordar, a maior parte dos e-mails já havia sido respondida. Com todo o carinho, me concentrei em cada mensagem e transcrevi cada desejo. Para cada pedido que pendurei na árvore, coloquei também um agradecimento meu, em sintonia com o autor ou com a mensagem. Meus amigos ganharam um instante de reflexão e meu mais profundo desejo de ver seus anseios realizados. A cheirosa árvore de alfazema ganhou enfeites. E eu, que há muito havia perdido a conexão com o Natal, construí uma nova tradição e desfruto neste instante do privilégio de ter ao alcance dos olhos parte do que é mais íntimo das pessoas que amo e que estão distantes.

Receita Peru de Natal Sadia Ceia da Árvore Natal

Desejo que nesse dezembro vocês consigam, em meio a tanta euforia, tempo para estarem com as pessoas que amam, para conectarem-se consigo mesmos e com o que realmente os faz feliz.

Receita Sadia Ceia da Árvore Natal

Ingredientes
1 Peru temperado Sadia
1 embalagem de bacon em fatias Sadia
farinha de mandioca
cebola picada em cubinhos
alecrim
cerejas frescas
aspargos
abacaxi
uvas
óleo
manteiga
pimenta-do-reino
sal

Como o tamanho do Peru tem uma enorme variação, assim como o número de convidados nessa época do ano, deixo o peso e a quantidade de cada ingrediente para que cada um defina em função da própria ceia.

Modo de fazer o Peru de Natal
Descongele o Peru e retire os miúdos que vêm dentro dele.

Como o Peru já vem temperado, dei o meu toque envolvendo as coxas com algumas fatias de bacon: enrole cada coxa cuidadosamente com uma a duas fatias de bacon, mantendo uma volta junto da outra. O restante das fatias pode ser levemente tostado em uma frigideira antiaderente, ou com um pouco de óleo, e depois partido e inserido na cavidade da ave.

Para preparar o Peru temperado Sadia, coloque-o em uma assadeira, cubra com papel laminado e leve ao forno preaquecido em 200° C. Em aproximadamente 90 minutos ele já estará macio. Basta então retirar o papel alumínio e, regando de vez em quando com o caldo que se formará, manter o Peru no forno até dourar. De qualquer forma, estão na embalagem todas as informações detalhadas de tempo de cozimento em função do peso.

O preparo da farofa é também bem simples: pique o coração e o fígado em pedaços pequenos. Aqueça uma frigideira com um pouco de óleo e bastante manteiga. Quando espumar, frite os miúdos picados. Assim que dourarem, acrescente a cebola e as folhas de alecrim e refogue por 2 ou 3 minutos. Junte a farinha de mandioca, abaixe a chama do fogo e mexa a farofa, acrescentando um pouco mais de manteiga se julgar necessário. Quando a farinha chegar à consistência desejada, desligue o fogo, acerte o sal e a pimenta-do-reino. Misture algumas cerejas frescas, sem caroço e partidas ao meio, e reserve.

Receita Peru de Natal Sadia Ceia da Árvore Natal
Ao lado de cada prato servi uma mini salada de com folhas e flores de capuchinha.

Para a decoração do Peru, retire as pontas duras dos aspargos. Aqueça uma panela com água e coloque os aspargos assim que ferver. Marque 2-3 minutos, retire os aspargos da água fervente e coloque-os numa vasilha com água fria e gelo. Retire quando estiverem resfriados. Isso os conservará al dente e bem verdes.

Corte o abacaxi em rodelas de aproximadamente 2 cm de espessura. Aqueça um fio de azeite em uma frigideira ou chapa antiaderente, junte as rodelas de abacaxi e aguarde até dourarem por baixo. Vire e aguarde o outro lado chegar ao mesmo ponto. Retire do fogo e reserve.

Quando o Peru estiver pronto, deixe-o descansar fora do forno pro cerca de 10-15 minutos. Com cuidado, transfira o Peru para o prato de servir, coloque a farofa em sua cavidade onde já está o bacon, e distribua ao redor o abacaxi, os aspargos, as cerejas, as uvas e o que mais você achar decorativo e apetitoso. Sirva em seguida.

Receita Peru de Natal Sadia Ceia da Árvore Natal
#adoteessedia #ceiadaarvore

selo post patrocinado

Viagra está indicado para o tratamento da disfunção erétil, como medicamento para hipertensão arterial

Você também pode gostar...

13 comentários

  1. Khatya Nogueira diz:

    Tudo de bom, principalmente as lembranças da infância, diretamente do "túnel do tempo", da casa da minha avó, os primos reunidos, aquela correria deliciosa, o cheiro de tinta fresca da casa, portas e janelas pintadas pelo meu querido tio Tinho, o mais vibrante de todos! Quanta saudade do cheiro do peru assando, Naquele tempo, início dos anos sessenta, ainda não conhecíamos ou talvez não existisse o famoso, prático e não menos saboroso PERU DA SADIA! E, graças a essas boas lembranças, até hoje comemoro com os membros da minha família e meus queridos amigos todo o CICLO NATALINO, iniciando agora e encerrando em 6 de janeiro, no dia de Reis!!! OBRIGADA!!!!!!!!!

  2. Iris Di Ciommo diz:

    Lindo o texto! e que vontade de experimentar o prato!!! Vou tentar! bj

    1. Obrigada, Íris! Tenho certeza que a receita ficará deliciosa feita por suas mãos. :)

  3. Que idéia linda a da árvore dos desejos e da gratidão!!
    E a receita é tentadora, vou experimentar!

    1. Quero seus comentários quando experimentar esta receita, Célia. :)

  4. Interessante, todo seu carinho e dedicação não somente como cozinhar mas o porque de tudo.
    Bjs

    1. Agradeço a leitura e a observação, Mari. Espero vê-lá mais por aqui. :)

  5. Suelen Naraisa diz:

    Tive o prazer de te conhecer e experimentar seus petiscos agora estou aqui te acompanhando!

    1. Suelen, foi um prazer conhecer você! E agora você já sabe em que porta bater quando precisar de uma xícara de açúcar. ;)

  6. adorei a receita e a idéia da árvore…vou copiar para o ano que vem!

  7. Que bom aspeto!
    Bjs, Susana
    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog: http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-anivehttp://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle

  8. […] trago pra vocês uma dica de um site maravilhoso, o Diga Maria […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.