Pão de queijo – a receita da minha mãe

Acordei, comi uma banana e pedalei até o supermercado para comprar ovos. Já havia amanhecido o primeiro dia útil do ano e para começá-lo com o pé direito decidi que precisaria de um farto, substancioso e prolongado café da manhã: depois de um suco de laranja seguido de uma xícara de café com leite e de um pão com ovos mexidos e bacon, eu curtiria alguns minutos de ócio na rede e depois me concentraria nos primeiros afazeres profissionais de 2013. pão de queijo

pão de queijo da minha mãe 03

Só que… ao voltar do supermercado encontrei minha mãe com o ralador e o queijo na mão. Estampei a surpresa no rosto e dela recebi um sorriso explicativo: vim fazer pão de queijo para o nosso café da manhã. Larguei os ovos sobre a mesa e corri para pegar o bloco de notas e a câmera: o pão de queijo seria nosso naquela manhã e em seguida de vocês, aqui no blog.

Enquanto minha mãe amassava os ingredientes com as mãos, aproveitei para perguntar se havia alguma história por trás daquela receita. Ela a aprendeu na terra natal do pão-de-queijo, Minas. Estava visitando meus avós em Itajubá/MG e voltava da padaria com uma sacolinha de pão de queijo para agradar meu avô. No elevador uma vizinha a abordou dizendo: Ah, você não precisa comprar pão de queijo; vou lhe passar uma receita muito boa que eu tenho. Dali em diante essa virou nossa receita oficial de pão de queijo que, nos últimos tempos e para felicidade da família, minha mãe tem reproduzido com muita frequência.

Quase perco o fio da meada. Contei isso tudo para dizer que encontrar minha mãe fazendo pão de queijo na minha cozinha me trouxe uma ilusão de férias de verão e resolvi passar mais um ou dois dias deliciosamente à toa. Mas agora voltei. :)

pão de queijo da minha mãe 03

Ingredientes para cerca de 28 unidades de pão de queijo de 4,5 cm de diâmetro
300 gramas de queijo Minas padrão ralado grosso
100 gramas de queijo parmesão ralado grosso
1/4 de xícara de leite (ou um pouco mais até dar liga)
1 ovo médio
2 xícaras de polvilho (usamos o doce mas pode ser o azedo)
1 colher de chá de fermento (para bolo)
1 colher de sopa de manteiga em temperatura ambiente
1 pitada de sal

Modo de fazer
Preaqueça o forno a 220-240°C.

Coloque todos os ingredientes numa tigela e misture com as mãos até combinar tudo e ficar homogêneo.

Modele bolinhas de aproximadamente 3,5-4 cm de diâmetro e coloque-as em uma assadeira. Mantenha distância entre elas pois os pães de queijo crescerão.

pão de queijo da minha mãe 03

Leve ao forno preaquecido até crescerem e dourarem levemente. Retire do forno e sirva em seguida.

Dica: eu tinha dúvidas sobre a diferença entre polvilho azedo e doce. Para aqueles que também têm, sugiro esse post do Prato Fundo.

De lá para cá várias outras opções de remédios entraram no mercado como uma alternativa ao azulzinho, confira aqui um manual completo de como funciona o desde o momento da escolha até quais resultados esperar.

Você também pode gostar...

96 comentários

  1. Thalita diz:

    Mariaa, sou descendente de Mineira e adoro pão de queijo, mas nas minhas receitas vão oleo, nunca vi por manteiga nem fermento, vou testar com certezaaaaa

    1. E me conte tudo depois, Thalita!!! ;*

  2. Oi Maria, você sempre fazendo delicias de dar água na boca.Quem resiste a um pão de queijo quentinho acompanhado de um belo café fresco.Adorei e anotei sua receita.Beijos querida.Que 2013 te traga muitas alegrias, paz, amor, união e prosperidade.

    1. Pra nós, Léia! Que nossos blogs continuem a nos trazer alegrias e muita motivação para continuarmos a aprender e a compartilhar. E quando passar o café e acompanhá-lo com o pão de queijo, volte pra me contar. :)

  3. Gostaria de saber se a possibilidade de congelamento?

    desde já, Obrigado

    1. Oi, Angelo.
      Podem ser congelados sim. Para isso, vá até a etapa de moldar e colocar numa assadeira e leve ao congelador. Quando estiverem congelados, transfira as bolinhas da assadeira para uma sacola plástica para alimentos. Na hora de usar, basta levá-los congelados ao forno preaquecido. Simples, não?! ;)

  4. E não escalda o polvilho?!?!??! Que maravilha!!! Vou tentar fazer!

    1. Vai sem medo que o resultado é ótimo, Bruno! E depois me conte o que achou, ok?!

  5. E tem maneira mais deliciosa de começar o ano…carinho de mãe+pão de queijo…não tem preço!

    Feliz 2013 para você Maria, que seus mais secretos desejos se realizem!!!

    Bjuss!!!

    1. Amém, Rachel! :)
      Grande beijo.

  6. Adorei a receita… mas gostaria de saber, como moro na Italia e aqui nao tem queijo minas, se poderia fazer com queijo Parmesao….que pensa ?

    Abracos.

    Renata

    1. Acho que funciona sim, Renata. Talvez seja necessário algum pequeno ajuste para a consistência para moldar. Acho mesmo que você pode manter a quantidade de parmesão e utilizar algum outro queijo no lugar do Minas padrão que é mais mole que o parmesão e se aproxima mais do muçarela ou prato. Depois me conta? ;*

    2. Oi Renata! Estou no mesmo dilema! Moro nos EUA e aqui não acho queijo minas.. Você testou com outro queijo mais mole ou fez só com parmesao mesmo?
      Obrigada!

  7. Já anotei. Sou mineira e amo Minas. Meu blog – não por acaso – se chama Minas de mim. ~Pão de queijo?? Amo, sô, é bom dimaissss ;)

    Muito diferente da minha essa receita. Vou experimentar!

    1. Ôpa! Opinião de mineira é mais do que bem-vinda, Jussara: é fundamental! Aguardo seus comentários. :D

  8. MARIA CLAUDYA diz:

    Maria

    Desejo imensamente que 2013 seja prá ti um delicioso recheio de felicidade, paz, harmonia, saúde e muitos "gostosídios" também.

    Adoro tuas receitas e teus comentários também.

    Embora esteja aqui no sul minha origem está em Minas, e deve ser esta a causa de gostar tanto desta culinária deliciosamente calórica.

    .

    Nos lanches de fim de semana, as vezes, faço pães de queijo, bolo de queijo, etc. Não sei o que acontece, mas precisamos devorá-los na hora porque depois de + ou – duas horas eles ficam "emborrachados" e perde-se a vontade de comê-los.

    Já usei o polvilho azedo, e, depois, o azedo: o resultado sempre o mesmo: borracha pura.

    A receita é muito parecida com a tua Maria.

    Sabes me dizer se é assim mesmo ou se estarei fazendo errado.

    Obrigada. Beijos.

    1. Olá, Maria Claudya. Um 2013 lindo para você também, com o bom clima do Sul e o delicioso sabor da sua terrinha. :)

      Por aqui, depois de algum tempo, o pão de queijo também fica mais borrachudinho, mas seguimos comendo ao longo do dia. rsrs Quando a gula não está urgente costumo reaquecê-lo no forninho elétrico, mas isso é raro. Se animar, teste essa receita e me diga se o mesmo – no mesmo nível – ocorre com ela. Adoraria saber.
      Grande beijo.

  9. Maria!!!

    Feliz 2013 pra vc e pro DigaMaria!

    Vou fazer já, já essa receita!!!

    Beijos

    1. Obrigada, Helena! Um ano lindo pra você também!

      Depois que fizer, me conta o que achou? :)

  10. Mariaaa!!

    Parece que você estava adivinhando, heim!rs..

    Eu estava em busca de uma receita e você me trouxe de bandeja.. Adoro pão de queijo, e com certeza eu vou fazer..

    Beijos

    1. Sinal de que minha bola de cristal anda em forma, Joyce. ;)
      Quero notícias da sua fornada. Beijo!

    2. maria célia c diz:

      Maria, para mim é um prazer poder compartilhar um café da manhã com você e Antonio!!! e ainda sair em seu blog!!!

  11. Sou goiana e fiquei impressionada com a receita de pão-de-queijo que não precisa escaldar o polvilho no óleo e leite.

    E só leva 1 ovo!

    Fiz por curiosidade e foi o maior sucesso. Fiz com polvilho azedo, que é mais saboroso, coloquei um pouquinho de semente de erva-doce. Maravilhoso. Só não coloquei a pitada de sal , pk aqui em casa somos hipertensos e o parmesão já tem sal .

    Ficou tão bom que nem deu tempo de fotografar!

    Daqui em diante só farei pão-de-queijo desta sua receita, pk é light, sem o excesso de ovos e óleo. Obrigada pela partilha.

    1. Que honra saber que daqui pra frente essa será a sua receita oficial de pão de queijo, Maria! :) Uma hora dessas quero testá-la com outros queijo no lugar do parmesão. :)

  12. Maria, vou te contar uma coisa! Eu passei muito tempo da minha não muito longa vida procurando uma receita de pão de queijo que funcionasse, que não precisasse escaldar polvilho. E achei a sua, fiz, congelei para o café da manhã e quase dei pulo de felicidade quando abri o forno e os lindões dourados e lindodeviverecomer.

    Obrigada!!! Esta é a melhor receita de pão de queijo.

    Ah, sou mineira e vivo no Maranhão, aqui é difícil até um congelado de qualidade, agora eu não sofrerei mais.

    Beijos e tudo de bom não só em 2013, mas todos os anos.

    1. Que alegria levar uma boa receita de pão de queijo pra uma baianinha fora de casa, Val. :) E vou lhe dizer: depois da boa repercussão desse post ando experimentando algumas variações dessa receita. Em breve trarei boas novas pra cá.
      Grande beijo e um ano lindo pra você.

  13. Noooossa, demorou Mary!

    Receita de pão de queijo made in Itajubá!!

    Mary, qual sua sugestão pra substituir o queijo minas padrão?

    Eu sei que é insubstituível, mas não acho aqui pra vender…

    Beijão!

    1. Débora, que alegria receber seu comentário! Fiquei encantada quando recebi aquele que você deixou na salada caprese e quis responder com tanta calma e atenção que nunca o fiz. Sou mestra nisso. rs Peço desculpas mas fico muito feliz por vê-la novamente aqui comentando.

      Para substituir o minas acho que o melhor é levar o seu gosto em consideração, buscando um queijo que tenha consistência parecida: muçarela, prato, gouda… Esses dias fiz com 200 gramas de parmesão e 200 gramas de queijo minas fresco (mas já meio velhinho) e deu super certo. Se usar um queijo muito gorduroso talvez valha reduzir um tiquinho a manteiga.

      Você ainda está na Arábia Saudita? Manda notícias do seu pão de queijo? ;)

      Beijão!

  14. Patrícia diz:

    Maria, não acreditei quando vi essa receita aqui no blog! Sou de Itajubá-MG!!!!

    Posso garantir que esse pão de queijo é maravilhoso, com café passado na hora então, não há nada mais saboroso!

    Beijo

    1. Que delícia receber um comentário vindo de Itajubá, Patrícia! Há alguns anos não visito sua cidade mas tenho muita saudade das ruas calmas e alegres, do sorvete de queijo e ameixa vermelha na praça e do simpático café no Vadinho. Espero que ainda estejam todos por aí. :)

  15. Obrigada Mary!

    Ainda vou tentar fazer o pão de queijo. Acho que a alternativa aqui é o cheddar mesmo, mas o de cor amarela, não o laranja.

    Assim que fizer eu te conto. :)

    Estou na Arábia sim. Por pelo menos mais um ano. Preciso te passar algumas receitas daqui. Vou ver se acho um bom livro de receitas pra você.

    Um beijo!

    Débora

  16. Eu fiz, arrumei no tabuleiro e coloquei todos no freezer pra congelar. Depois de congelados tirei do tabuleiro e guardei em um saquinho plástico no freezer. Assei hoje alguns pro lanche e adorei a receita!

    1. Adorei mais essa boa notícia, Jussara!

  17. Ainda não fiz a receita, mas pirei quando vi ! eu poderia usar 1/2 de leite? Beijosssss

    1. Não entendi sua pergunta sobre o leite, Rebeca. 1/2 o quê? ;*

  18. Maria

    Eu acabei de testar a receita e deu certo Claro que não ficou igual aos que a tua mãe fez quando estive aí em janeiro com o Thiago, mas para uma primeira vez, ficou ótimo. Ainda mais considerando que não sou muito experiente na cozinha. Aliás teu blog tem me inspirado a testar receitas novas. Outro dia eu fiz os biscoitos de canela também.

    Beijos!

    Dani Damiati

    1. Se já fico feliz com comentários de quem vive na cozinha, imagine ao saber que inspiro pessoas como você que ainda estão construindo a intimidade com esse cômodo da casa!
      Mas o que você notou de diferente entre os que a minha mãe fez e os seus, Dani?
      Beijo!

  19. Sabe um daqueles achados que você se depara e passa horas olhando, pois é, aconteceu comigo com esse blog. Que maravilha, receitas maravilhosas, fotos belíssimas, texto impecável, meu parabéns. Já ta nos favoritos para começar a fazer as receitas. Mais uma vez: parabéns pelo trabalhol

    1. Muito obrigada, Eudesmar. Sinta-se em casa aqui no DigaMaria e me conte o que achou assim que começar a experimentar as receitas. :)

  20. Fizemos aqui em casa como um evento em preparar juntos.. e no final, comemos junto com requeijāo! delicia!

    Deu tanto que conseguimos congelar um pouco e até a vizinha ganhou uns quentinhos =)

    bjos

    1. Que delícia, Nanda! Aqui também gostamos de comer com requeijão, manteiga e/ou geléia. Aposto que a vizinha adorou a fartura. rs
      Beijo!!

  21. Ei, descobri seu blog pela revista Minha Casa. Por coincidência, foi citado na mesma página que o meu (Homens da Casa). Também sou mineiro, mas nunca acertei a mão pra fazer pão de queijo, aquele trem de escaldar o polvilho sempre me atormentou. Foi então que fiz sua receita e deu super certo, só adicionei mais um ovo porque achei a massa mto seca. Ficou sensacional! Nem coloquei o parmesão porque prefiro o gosto bem mineiro, só com o queijo daqui mesmo.

    Passando pra agradecer a excelente receita e parabenizar pelo blog, muito bom mesmo!
    Abraço:

    Eduardo Mendes
    homensdacasa.net

    1. Que legal, Eduardo! Não conhecia o seu blog (ainda não vi a revista impressa porque aqui demora um pouquinho mais pra chegar; mas a essa altura já deve estar nas bancas) e achei a proposta muito bacana. É bom ver homens assumindo esse lado e desenvolvendo um olhar acerca do espaço que habitam. Parabéns pela iniciativa e pelo trabalho.

      Quanto ao pão de queijo, fico muito feliz e orgulhosa pela oportunidade de passar adiante uma receita que tem agradado inclusive os mineiros. :) E que bom que seguiu seu instinto e colocou mais um ovo, afinal, os tamanhos variam bastante.

      Beijo e bem-vindo!

  22. Anonimo diz:

    Oi Maria sera que eu poderia subistituir o polvilho por farinha de trigo!!!!

    1. Não. Mas pode usar polvilho doce ou azedo.

  23. cristina diz:

    Gostaria de saber se por dentro fica fofinho,pois não gosto de pão de queijo massudo.
    Obrigada
    cristina

    1. Oi, Cristina. :)
      Essa receita não é daqueles pães de queijo super aerados; o que conheço assim é uma receita de liquidificador. Mas eu também não o chamaria de massudo… Sugiro que experimente; ele costuma fazer muito sucesso. ;)

  24. Oi, Maria! Fiz essa receita à risca e o sabor é excepcional, só que ele não ficou puxa-puxa dentro, coisa que adoro em pão de queijo. Ficou oco. Daí fiz outra fornada e deixei mais branquinhos e continuaram ficando ocos. O seu tb fica?

    1. Oi, Renata! Bom dia. :)
      O que será que houve?? Essa receita não fica oca, pelo contrário, o recheio é bem farto e macio. Fiquei intrigada agora…

      1. Alexander diz:

        Normalmente o pão de queijo fica oco por dentro quando é colocado para assar em forno muito quente ou muito próximo à fonte de calor inferior (fogo ou resistência elétrica).

  25. Jean Duailibi diz:

    Maria,
    Achei aqui na Florida um mercado que vende polvilho doce da Yoki, no lugar do queijo Padrão usei Mussarela, o resto é igual. Tive de colocar praticamente uma xícara de leite para chegar no ponto, ou na segunda tentativa, coloquei só uma xícara de polvilho.
    Pergunto, a xícara que você fala é a medida padrão de xicara de 240ml?
    Obrigado.

    1. Que bom que achou polvilho por aí, Jean. :)
      A xícara a qual me refiro é a de chá mesmo, com 240 ml. Estranho ter precisado de tanto leite… O ponto da massa ficou bom para enrolar e ainda firme? E o resultado final, como ficou?

  26. Jean Duailibi diz:

    Maria, antes de mais nada, prazer em falar com você, adoro seu blog e site.
    Deu ponto, ficou uma delícia, o melhor e mais fácil pão de queijo que já testei. Vai ver que o polvilho que mandam para cá é diferente ou de melhor qualidade, como acontece com tudo que é exportado do Brasil, vide os carros e chocolate (o que vem para cá, da marca do "menino", vem sem gordura hidrogenada). Estou pensando em te mandar um polvilho daqui – Parece papo de gente maluca, né.
    Beijo, obrigado e parabéns.

    1. Ah, que gracinha, Jean! Obrigada. :)
      Eu compro polvilho na feira e só depois do seu comentário é que me ocorreu perguntar onde é produzido. Perguntarei em breve.
      Esse padrão exportação dá uma tristezinha, né?! Mas tenho fé que as coisas seguirão melhorando por aqui.
      Beijo!

  27. ana regina diz:

    Eu acabei de preparar pela primeira vez, estão crescendo, achei fácil de fazer, depois que eu comer volto a comentar, mas a principio acho e são maravilhosos…..

    1. :D

  28. Olha Maria, muito obrigado a você, a sua mãe e a essa história que antecede a receita haha! A carisma de seu blog e de suas palavras me fez escolher como a primeira receita de pão de queijo que realizei. Posso contar nos dedos quantas vezes fiz algum prato na cozinha, e aproveitar os mesmos dedos para contar os erros haha porém, sempre no final o resultado é curioso e saboroso! – Com essa receita foi o que me aconteceu; Não tinha o queijo Minas Padrão e nem o parmesão para ralar, o que fiz, peguei e coloquei 300gr para mussarela e 100gr de provolone ralado grosso, e misturei com +- 100 gr de queijo ralado (parmesão), de resto, fiz como ditado. O resultado da massa ficou muito boa, bom, considero boa pois não grudava na mão na hora de enrolar e ficou bem homogênea a mistura, e o sabor, saboroso. Porém, sua forma física não ficou tão bonita haha Na hora de enrolar ficou super bem feito, pão de queijo mesmo, mas na hora de assar, ele virou Cookies de pão de queijo, queria saber se isso é por causa dos queijos que usei ou se talvez a massa não tenha ficado tão boa como pensei que ficou hehe. Muito obrigado a atenção. Abraços!

    1. Ah, Caio, que comentário mais lindo. Obrigada. :)
      Olha, pode ser que o queijo muçarela tenha deixado a massa mais mole mas, acho que o mais provável, tenha sido a temperatura do forno. Já vi mais de uma vez esse pão de queijo ser assado num forno que não estava quente o suficiente e o resultado foi desde “bolachinhas de queijo” até um tabuleiro redondo inteiro com algo que mais parecia uma pizza. rs Sugiro na próxima fornada testar deixando o forno bem quente antes de colocar o tabuleiro.
      Beijo!

      1. Daniel Simões diz:

        Acabo de fazer aqui e comigo aconteceu a mesma coisa: os pães viraram cookies achatadinhos. Fiquei em dúvida se era a temperatura do forno ou porque o queijo minas padrão que eu usei era meio molenga e gorduroso. Vou procurar um queijo mais sequinho e tentar aquecer melhor o forno de uma próxima vez.

        Aliás, descobri seu blog há pouco tempo e estou fascinado, com uma lista de receitas para fazer. Obrigado!

        1. Oi, Daniel! Que bom que está gostando daqui; bem vindo!

          Concordo que os dois fatores podem ter interferido no resultado. Aguardo seus próximos testes. ;)

          Beijo!

  29. Juliana diz:

    Maria, sempre me senti uma mineira frustrada por não saber fazer pão de queijo. Nunca dava certo escaldar, ficava molenga, ou duro demais… Enfim, no fim de semana resolvi dar uma chance à sua receita (ou da sua mãe!) Fiz os meus com um restinho de queijo minas que eu tinha e um pouco mais de parmesão do que mandava sua receita. Foi muito fácil, rápido e o resultado, delicioso! Obrigada, essa receita mudou minha vida!

    1. Ai meu deus, que luxo mudar uma vida para melhor!! ahaha Adorei, Juliana! Depois experimente as versões temperadas que sugeri aqui: http://bit.ly/19ZQYdS
      Beijo!

  30. OLA,NAO SEI SE VC VAI LER OU PODER RESPONDER ESSE COMENTARIA,MAIS MESMO ASSIM VOU FAZER MINHA PERGUNTA,BOM JA TESTEI ESSA RECEITA 3VEZES E SEMPRE FICA MUITO GOSTASA,MAIS NAO SEI PORQUE NAO CRESCI,VC SABERIA ME DIZER O MOTIVO?AH JA PASSEI SUA RECEITA PARA UMAS AMIGAS,MESMO NAO CRESCENDO E O MELHOR PAO DE QUEIJO FEITO EM CASA QUE EU JA COMI,E MINHA FAMILIA ADORA!!BJ

    1. Fico feliz que goste da receita mesmo ela não tendo se comportado como deveria, Pamela. Vamos tentar entender o que está havendo. Os pães de queijo cresceram para os lados, como se derretessem?

      1. sim ta derretendo pros lados sim, ai comecei a pensar se não seria melhor congela-los um pouco antes de assar,o que voce acha? ou tentar com o polvilho azedo pra ver se cresce,GRAÇAS A DEUS isso não afeta o gosto,pois mesmo não crescendo fica uma delicia!!

        1. Imaginei que fosse isso, Pamela. Isso em geral acontece quando o forno não está quente o suficiente. Na próxima vez que fizer, aumente a temperatura do forno e aguarde aquecer bem antes de colocar o pão de queijo. E volte para me contar o que aconteceu! ;)

          1. PAMELA diz:

            ok,vou fazer isso sim.obrigada pela ajuda,agora espero que além de deliciosos fiquem lindos,o que vc me diz 15min preaquecendo o forno ta bom ou mais tempo?

  31. Muito interessante a sua receita e parece apetitosa!

  32. Oi Maria!!! Desde a semana passada, sou sua leitora assídua!!! Adoro o jeito que vc escreve, a leveza das suas palavras é poética!
    Hoje foi daqueles dias que as coisas não funcionam direito, mas eu não gosto de fechar um dia com saldo negativo, e juntando isso a vontade persistente de fazer a receita de pão de queijo da sua mãe, passei no mercado comprei os queijos, cheguei em casa e mãos a obra! Ou melhor, a massa!!! Simplesmente maravilhosa a receita!!! Mande a sua mãe um super agradecimento, um super beijo e o desejo de um fim de semana grandioso a vocês todos!!! Super beijo!!! Andreya B

  33. Depois de ler o seu comentário, fiquei encantada com a maneira de contar sua história. Como é bom começar o dia assim. Eu também sou mineira, bem lá do norte de minas, porém moro no interior de SP , mas que saudade eu sinto de lá onde passei minha infancia. Eu vivia procurando uma receita de pão de queijo que não precisasse escaldar, pois acho muito mais gostoso, emcontrei a sua receita e deu água na boca. Com certeza vou fazer e logo voltarei aqui pra contar o resultado. Muito obrigada por compartilhar sua receita. Um Abraço em você e sua mãe! Que Deus abençoe você e sua família! Elma

  34. Maria, fiz e é maravilhoso! Muito obrigada em compartilhar a receita! Maravilhosoooo!

    1. É um prazer, Daniela. Quanto mais vocês se aventurarem e se divertirem na cozinha, e melhor se alimentarem, mais feliz serei. :)

  35. Jhessica de Almeida diz:

    Pelo que eu vi essa receita é muito boa, amanhã mesmo eu vou experimentar, mas Maria eu tenho uma duvida eu quero saber se posso colocar somente o queijo ralado parmesão?

    1. Pode sim, Jhessica. :)
      Depois me conte o que achou.
      Beijo.

  36. Karlen Hirai diz:

    Oiii eu fiz essa receita e deu super certo!!!
    Mas coloquei dias colheres de farinha de aveia com linhaça e adivinha……. Ficou maravilhoso!!!! Adoro seu blog sempre entro pra ver se tem receita nova!!! Beijo.

    1. Quero em breve fazer uma receita enriquecida para trazer pra cá, Karlen. Amei saber que você já experimentou e aprovou. :)
      Beijo!

  37. […] estava muito empolgada com o sucesso da receita de pão de queijo da minha mãe e com o pacotão de polvilho doce na despensa. O cenário era propenso para eu me animar com […]

  38. Jucenia diz:

    Olá Maria, te conheci há pouco pelo canal CHEFTV. Te achei uma graça e agora vi um comentário sobre pão de queijo de sua mãe (sou de BH e amo pão de queijo) na revista Minha Casa de abril/2013. Não te largo mais. Sou sua fã pra sempre.

    1. Ah… que linda. Obrigada pelo carinho, Jucenia, e bem-vinda! :)

  39. mamaedoben diz:

    Oi Maria! Adoro o seu blog e sempre faço as receitas daqui. Na verdade, o Bolo do Diabo virou presença confirmada nas festas de aniversário. Volta e meia testo uma receita daqui e nunca deu nada errado… até esse pão de queijo.

    Eu tinha uma muçarela duro e salgado, era argentino, então a textura estava bem diferente daquela muçarela elástica e gordurosa que temos por aqui, então resolvi usá-lo no lugar do minas padrão (que estou guardando para o enrolado de abobrinha). Segui a receita à risca, com polvilho azedo de feira e um ovo grande, e a massa ficou esfarelenta. Coloquei outro ovo e a massa deu um pouco mais de liga, mas ainda ficou muito quebradiça, bem diferente da massa oleosa do pão de queijo da minha avó.

    Como já havia colocado outro ovo, não quis arriscar com mais leite e enrolei a massa assim mesmo. O resultado foi um pão de queijo massudo, pesado, a massa tinha um sabor incrível (namorado comeu 12 pãezinhos!), mas a textura estava bem diferente do que eu esperava de um pão de queijo. O que será que fiz de errado? ):

    1. Fez nada errado não; adaptar nem sempre é fácil.
      Acho que por você ter usado um queijo mais duro, talvez tenha faltado umidade e gordura. A quantidade de leite na receita é 1/4 de xícara, ou até dar liga; então, na próxima, talvez seja melhor apostar em mais leite para chegar à consistência ideal para enrolar.
      Que bom que ao menos o sabor agradou. Me conta se fizer de novo? Ah, na próxima festa, quero foto do bolo do diabo! ;)
      Beijo.

  40. Maria, que receita delicinha! Aqui em casa a gente tinha uma receita xodó (que
    precisava escaldar o polvilho), até experimentar a sua. A praticidade é proporcional ao sabor, ou seja, melhor impossível :)
    Beijos e obrigada

    1. Ô notícia boa, Danusa! Obrigada por vir nos contar.
      Beijo e bom proveito!

  41. Robson luiz diz:

    A paz do Senhor Maria eu vendo pão de queijo na rua mas só que os Paes depois de assados todos estão muchando sera que esta receita eu consigo trabalha com ela pois a casca por fora fica mais crocante, robson

    1. Infelizmente não, Robson Luiz. A casquinha desse pão de queijo também murcha depois que esfria. :/

  42. maria pires diz:

    charà que delicia de receita, adoreeeeeeeeeeei beijos

    1. Essa receita é tudo de bom, Maria! :D
      Quando fizer, me conte, tá?!

  43. Samantha Jaques diz:

    Oi Maria,
    Sou super fã do Digamaria e já me arrisquei em algumas receitinhas que deram super certo :)
    Minha filha adora pão de queijo e hoje fiz essa receita. Como não encontrei queijo minas padrão na minha cidade, fiz com frescal mesmo.
    Como a massa ficou mais úmida, não precisei do leite.
    Deu certo e ficou uma delicia!!!
    Minha filhota é só elogios ;)

    1. Ótimo saber da substituição certeira, Samantha.
      Obrigada pelo comentário e pelo carinho. ;*

  44. Approximately how long do you leave it in the oven to bake?

    1. 30-45 minutes, depending the oven. :)

  45. Amei a receita e o seu blog!

    Estou ansiosa para fazer!!!

  46. mais uma vez fazendo esta deliciosa receita para deixar congelada. Assim posso fazer um carinho ao receber amigos inesperados e bem vindos para um café!

  47. fazendo pão de queijo para presentear amigas que adoram esta receita!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.