Molho de tangerina ⎝para peixes ou saladas⎠

Molho é algo escasso em meu repertório. São poucas as lembranças que tenho desse elemento de sabor quando remonto às mesas da minha família (apenas um me parece inesquecível: uma maionese temperada com gemas cozidas e alcaparras que minha avó materna servia com bolinhos de carne moída que, por algum motivo, não me parece que eram hamburgueres…). Apesar disso, eu faço questão de uma salada bem temperada e, em geral, isso resulta num molho rápido e intuitivo, preparado na hora e no olho. Já este molho de tangerina foi uma exceção.

Havia planejado para o almoço um filé de pescada grelhado, um arroz de couve-flor (que em breve aparecerá aqui) e uma salada verde. A combinação de sabores me parecia ótima mas achei que talvez ficasse um pouco seca e a solução mais simples que pensei foi um molho para o peixe. Consultei um livrinho de molhos que pouco me inspira mas que naquele momento muito contribuiu fornecendo ideias e assim saiu este molho de tangerina.

A conjugação de óleo e cítricos batidos resulta num molho cremoso e levemente ácido. Ficou delicioso servido com o filé de peixe e também com camarões grelhados que fiz no dia seguinte. E certamente será um ótimo acompanhando para salada.

Ingredientes para aproximadamente 125 ml de molho de tangerina
50 ml de suco de tangerina (se não tiver medidor, consulte as tabelas de conversão de medidas)
1/2 colher de sopa de suco de limão
1/4 de colher de sopa de mostarda Dijon com grãos
100 ml de óleo de girassol (ou outro de sua preferência com sabor mais neutro)
1/2 colher de sopa de cebola (usei roxa) picadinha
1/2 colher de sopa de alcaparras picadinhas
sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de fazer
No mixer, no liquidificador ou com um fouet, bata o suco de tangerina, o de limão e a mostarda.

Continue batendo e, aos poucos, acrescente o óleo em fio. Paciência nessa hora pois é importante que o óleo seja adicionado lentamente enquanto a mistura emulsiona.

Quando estiver cremoso, pare de bater e misture com uma colher a cebola e a alcaparra. Acerte o sal e a pimenta e conserve na geladeira até a hora de servir.

Graças a esse monstro chamado de impotência sexual ou de disfunção erétil .

Você também pode gostar...

15 comentários

  1. Oi Maria!

    Hoje fiz um salmão com tempero bem simples: azeite, sal grosso, pimenta, tomilho. Foi pro forno numa assadeira com grelha, e, quando ficou pronto, recebeu o molho de tangerina.

    Uma maravilha!!!! como combinou!!!!

    Pra acompanhar um arrozinho integral com ervilha, pimentão vermelho e champinhon.

    Beijos e bom domingo!

    1. Minha leitora mais animada! :) Mal postei e você já experimentou! Que bom que gostou.
      Grande beijo e uma linda semana!

  2. Oi Maria, também não tenho um repertório de molhos não.Geralmente as saladas aqui em casa são servidas com azeite e limão.Geralmente molhos diferentes são comprados prontos, ou faço no máximo um molho madeira.Adorei sua sugestão, guardarei a receita para um futuro preparo.Beijos e boa semana.

    1. Salvo raras exceções, eu não curto muito molhos industrializados tanto pelo sabor quanto pelos conservantes, estabilizantes, etc. Minha avó faz um muito gostoso com azeite, limão, alho e salsinha. Qualquer dia desses investigo as proporções e o trago pra cá. :)
      Beijo!

  3. Esse vai pro caderninho, a cremosidade que se consegue parece ser o grande diferencial. Vou testar com certeza.

    Bjuss!!!

    1. Quero saber o que achou quando o preparar, Rachel. :) Beijo!

  4. Danielle diz:

    Oi Maria, fiz o molho e adorei. Usei no salmão. Ficou uma delícia. Pelo menos, dei uma variada. Sempre faço o salmão com molho de maracujá e manga, esse de tangerina ficou ótimo. Confesso que adocei um pouco mais, porque ele é bem mais ácido do que doce, e ficou ótimo (pra quem gosta de molho mais doce, claro). Obrigada por mais essa delícia. Beijos.

    1. Essas pequenas adaptações são encessárias mesmo, afinal, como saber o quão mais doces estavam as tangerinas que usei?! Fico feliz que tenha gostado. Tenho que repetí-lo com um salmão qualquer dia desses. :) Beijo!

  5. Maravilha…maridão adorou, fiz filés de Saint Peter grelhados e o molho…uau…aprovadíssimo!

    Grata pela partilha!!!

    Bjs!!!

    Ah, logo entra no blog, ok?!

    1. Que chic que vai pro blog, Rachel!

  6. Boa Tarde, Maria
    será que dá p/ substituir a tangerina por outro ingrediente ????

    desde já agradeço átenção.
    Wagner

    1. Creio que laranja será uma boa substituta para a tangerina, Wagner. :)

  7. […] a rapidez do preparo e a leveza e sabor deste acompanhamento. Servi com filé de pescada grelhado, molho de tangerina e salada verde; uma opção saudável e prática para o […]

  8. Ângela Coelho diz:

    Assei costelas suínas temperadas com sal, alho e gengibre, servi com o molho de tangerina, apenas não coloquei alcaparras, pois achei que seria de mais. Não sobrou nadinha!!!

    1. Hummm… Nunca tinha pensado em usar esse molho com costelinhas, Ângela. Arrasou na inovação. ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.