Peito de pato para principiantes (como eu)

Poucas vezes tive a oportunidade de comer pato e quando optei por comprar este confesso que nem sabia ao certo que gosto teria. Mas encarei isso como um ótimo indício de sucesso, afinal, quando nada esperamos é grande a chance de nos surpreendermos positivamente.

peito de pato 02

Comecei buscando receitas de pato e à medida que li descobri que o peito tem um cozimento bem mais rápido que o restante do bicho. Coloquei-o sobre uma tábua e lá fui me aventurar a trinchar o pato, pedaço por pedaço. Separei o peito e coloquei as outras partes numa panela para cozinhar lentamente com legumes e temperos. Mas essa é uma outra estória; voltemos ao peito.

Fiz alguns cortes transversais na pele e na capa de gordura, sem atingir a carne, e temperei com pimenta rosa esmagada e alecrim – esses cortes facilitam o derretimento da gordura quando aquecida. Coloquei um pouco de sal nos peitos e os levei ao fogo bem baixo, com a parte da gordura pra baixo, numa frigideira antiaderente. Assim mesmo, sem óleo ou azeite. Em segundos você entende porque é desnecessário. À medida que a gordura era liberada eu escorria o excesso da frigideira para depois deixar bem guardada na geladeira e utilizar em outros preparos. Mantenha o fogo baixo e umedeça a parte de cima de vez em quando com a própria gordura. Quando a pele ficou crocante, cerca de 20 minutos depois, virei os peitos e cozinhei por mais uns 3 minutos. E pronto! Como sabia que minhas visitas não eram chegadas a uma carne mal passada, retirei os peitos da frigideira e os deixei descansar envoltos em papel laminado por uns 10 minutos. Fatiei e voltei com eles para a mesma frigideira, agora pré-aquecida, por uns 30 segundos de cada lado, só para perderem o vermelho (que eu particularmente prefiro). Mantive as fatias aquecidas no mesmo laminado enquanto salteava as batatas – que já estavam cozidas – na gordura e tempero que restaram na frigideira.

E esse foi o nosso almoço num ótimo final de semana, acompanhado de arroz integral, uma farta salada de folhas e um molho adocicado feito com suco de 3 laranjas, 2 colheres de sopa de vinagre de xerez, 1 colher de sopa de açúcar mascavo, 150 ml de água e 50 ml de rum; tudo numa panelinha em fogo baixo até reduzir.

peito de pato 01

Esse mesmo composto, o serviço de saúde do Reino Unido, ao menos dois terços dos homens que usam o medicamento dizem que ele funciona e provoca ereção .

Você também pode gostar...

16 comentários

  1. Ai, Maria, me mata logo do coração, vai? :)
    Que coisa de louco. Agora vou ter que achar um pato de qualquer maneira para reproduzir.

    1. Eu comprei esse no supermercado mas estou ansiosa aguardando o crescimento de uns que são criados aqui perto e vendidos na feira; todo sábado passo na barraca e pergunto por eles. ahahaha O restante cozinhei num caldo de legumes e congelei; quando levá-los ao forno e à mesa eu te conto no que deu. Ah, a gordura tá toda na geladeira e uso de vez em quando (até pra fritar ovo!) e o caldo congelei e já usei um pouco pra um risoto junto com a carne da carcaça desfiada.
      Divirta-se, Mel! ;*

  2. Nunca pensei que fosse gostar tanto de pato… amei essa receita, e as batatinhas também ficaram especiais!

    1. Repetiremos outras vezes!

  3. Oi, Maria! Quanto tempo…mas vem cá, e para quem nem principiante é ainda??? Nem sei onde conseguir pato por aqui…e o pior de tudo é que agora morri de vontade de provar!!! Deve ter ficado muuuuuito bom! Parabéns!!! Olha, tem sorteio e novo desafio lá no meu blog…vai lá ver…participa!Beijo, Ana Paula.

    1. Oi, Ana Paula!
      Eu encontro pato em alguns supermercados (em geral esses com produtos mais sofisticados) e às vezes na feira. Experimente mesmo! Eu amei!
      Logo mais vou lhe fazer uma visita. ;)
      Beijo.

  4. Olá

    Pato é uma delícia.
    Como sou filha de paraense, como muito Pato ao Tucupi.

    bj da Eliana

    1. Ah, o clássico pato ao tucupi…! Eu nunca experimentei, Eliana. Se tiver boas receitas com pato e quiser compartilhar, manda pro diga@digamaria.com.br.
      Beijo e obrigada pela visita!

  5. Maria, tem tempos que estou querendo me arriscar com o pato mas ainda não tomei coragem, sabe como? Primeiro pelo preço, depois porque carne não é meu forte… Mas desde que comi um arroz de pato, não tiro isso da cabeça! Ver seu post me deu um empurrãozinho! rsrs

    beijoca!

    1. Só pra dar mais um empurrãzinho então, é caro mesmo (paguei R$36 nesse), mas rendeu bastante: esses peitos que comemos em 3 e sobrou + toda a gordura que está na geladeira e parte já usei para fritar batatas e ovos + caldo que congelei + carne desfiada da carcaça e de tudo mais que foi pro caldo (e juntos viraram um arroz de pato!) + as outras partes que cozinhei num caldo de legumes e congelei (e amanhã irão pro forno e pra mesa do almoço).
      Anime-se!! Beijoca procê também!

  6. Nossa, rendeu mesmo hein!!! hahaha
    Vou me animar, depois de conto!

    1. Olha o assado que falei que faria ontem: http://instagr.am/p/Hgpse/?ref=nf Logo virá pro blog.

  7. Oi Maria!

    Meu namorado vive pedindo um prato com pato, mas morro de medo de errar no ponto, no tempero, etc. Adorei sua receita e acho que vou copiá-la!!!

    Bjos!
    Sâmia

    1. Vai fundo, Sâmia, que não tem segredo! Mas lembre-se que esse preparo do post é especifico pro peito porque ele cozinha mais rápido. O restante do pato virá pro blog na próxima semana com um outro cozimento.
      Beijo! E depois me conta tudo!!

  8. Ligia Morais diz:

    Boa noite Maria, belíssimas as fotos das deliciosas refeições, parabéns pelo bom gosto, mas tenho uma dúvida, onde encontro pato, pois gosto de ir a supermercados tanto grandes quanto pequenos, já fui a inúmeros açougues, passei praticamente toda a minha vida em São Bernardo do Campo, e mudei a 3 anos para a zona Sul de São Paulo, e o que pareçe é que pato é um produto que só chefes ou donos de restaurantes tem acesso…estou procurando nos lugares errados?

  9. Olá, Ligia! Bem-vinda!
    Eu comprei pato no supermercado Pão de Açúcar e na feira às vezes é possível encontrar; não saberia lhe dizer aonde mais já que esse interesse surgiu muito recentemente. ;) Se achar algum outro local, por favor compartilhe. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.