Pão de azeite e azeitonas

RECEITA VENCEDORA do concurso “Vamos trocar receitas? 2” promovido pelos Azeites Borges.


O que para alguns é apenas uma receita, para outros é a base para muitas receitas. Esse pão é um exemplo. Ele era aquele pão doce do post anterior, mas de tanto que gostei, ele se multiplicou e originou um pão salgado.

Mas o que mais me impressionou ao imaginar uma versão salgada é que meu primeiro pensamento tenha sido um pão com azeitonas. Nunca gostei de azeitonas. Até que meu paladar começou a se transformar; rapidamente. De poucas coisas eu não gostava; agora desgosto de quase nada. E o melhor, que percebo somente agora enquanto escrevo, é que essa mudança me aproximou de alimentos saudáveis, como a azeitona e o azeite, e me distanciou dos fast food, dos enlatados, dos refrigerantes…

Sugiro então abrirmos um vinho, partirmos esse pão, passá-lo num bom azeite e brindarmos às boas transformações que, felizmente, estão ao alcance de todos nós!

Ingredientes (o ideal é que todos estejam à temperatura ambiente)
2 colheres de sopa de azeite (usei o Borges
Extra Virgem)
1/3 de xícara de chá de leite
1/4 de xícara de chá de água
15 g de fermento fresco
1 colher de sopa de açúcar granulado
1 ovo
2 1/4 de xícara de chá de farinha de trigo
2 colheres de chá de sal
1 colher de sopa de azeitona triturada

Para o recheio
azeitonas trituradas (usei 200 g em toda a receita; antes de utilizá-las, coloque sobre papel toalha para absorver a umidade)
azeite
para untar (usei o Borges que contém azeite virgem e refinado)

Para pincelar e cobrir
uma gema
leite
flor de sal ou sal grosso
azeitonas em rodelas

Modo de fazer
Na panificadora, reserve as azeitonas e coloque todos os ingredientes (úmidos primeiro, secos s seguir), escolha o ciclo pão caseiro com a opção assar desativada. Depois que bater, descansar, bater, descansar, siga para o passo rechear.
Na mão, misture primeiro os ingredientes secos e em seguida os úmidos. Trabalhe a massa, deixe descansar, sove, deixe descansar um pouco mais e siga para o passo rechear.
Considerei o ponto certo da massa aquele tênue limite no qual ela desgruda das mãos mas ainda gruda um pouquinho, sabe?!
Acenda o forno a 180-200 graus e deixe pré-aquecendo.


Para rechear, unte uma superfície com azeite e abra a massa com um rolo untado formando um retângulo. Pincele com azeite e distribua as azeitonas trituradas. Enrole bem apertadinho como um rocambole e coloque numa assadeira untada com óleo. Cubra com um pano de prato limpo e deixe crescer por aproximadamente 40 minutos, ou até dobrar de tamanho.
Misture a gema
(confere uma cor dourada e brilhante) com um pouco de leite (deixa a casca macia e com tom amarronzado) e pincele cuidadosamente a massa crescida. Polvilhe flor de sal ou sal grosso e decore com azeitonas em fatia. Leve ao formo por aproximadamente 30 minutos. Se quiser, um pouco antes de retirar o pão, pincele o restante da mistura de leite e gema. Quando assado, retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade.

Dica: para saber se o pão está assado, vire-o sobre a mão coberta com um pano de prato e dê umas batidinhas (como quem faz “toc toc toc”). Se o som for oco o pão está completamente assado.
E se não tiver ovo em casa, basta acrescentar mais uma colher de sopa de azeite e um pouquinho (pouquinho mesmo) mais de água.

De acordo com dados da Food and Drug Administration (FDA) somente nos Estados Unidos, é um estimulante sexual capaz de aumentar o libido e garantir ereções muito mais duradouras.

Você também pode gostar...

25 comentários

  1. Maria voce é um sucesso!!!!!!! seu pão arrasou!!!!!!

    1. Obrigada, Iris!! Nada como ter bons experimentadores! ; )
      Semana que vem preparo mais alguma variação pra gente!!
      Beijo e obrigada pela visita!

  2. Amiga!!! Já babei antes de ler o post, só com as fotos!
    Para uma breadaholic como eu…post show de bola!
    Lindos!
    Adorei!
    Beijocas!

    1. Obrigada, Verena!! Ele ficou uma delícia! Fiz também uma versão sem recheio para uma entradinha pra um jantar; coloquei mais azeitonas picadinhas na massa e comemos molhando no azeite aromatizado com manjericão e sal; muito bom também.
      Acho que o próximo será o seu de castanha do Pará!! ;)
      Beijinhos!

  3. Olá Maria!
    Vim retribuir o comentário e me deparei com esse belo blog, adoro pães e vi que vou ter um monte de novas receitas pra testar! ;)

    Abraços!

    1. Que bom que gostou, Marcel! Seja bem-vindo!
      Também adorei o seu blog; vou inclusive colocar um link pra ele aqui.
      E assim que eu fizer a pele de salmão assada voltarei lá pra comentar!
      Abraços!

  4. Que lindo ficou o pão, Méri! Parabéns!

    1. Obrigada, muito obrigada! : )
      Estou tirando agora do forno um de castanha do Brasil. Se ficar tão bom quanto a aparência e o cheiro prometem essa semana eu posto.
      Beijo e ótima semana!

      1. Ai, que delícia!

        1. Pode deixar que a gente faz um aí em Vitória! Se der tempo já levo pronto!!
          Beijo!

  5. Oi Maria.
    Mais um gol seu! Esse pão é demais!!! Fiz à mão e ficou excelente!
    Beijos e parabéns!
    Helena

    1. Helena, nesse ritmo você vai se tornar a testadora oficial deste blog!
      Obrigada por experimentar e compartilhar conosco!
      Grande beijo!

  6. Helena diz:

    Parabéns pelo concurso, Maria! Mais que merecido ter vencido!

    Por aqui, seu pão é um sucesso. Já presenteei várias pessoas com ele!
    Beijos e sucesso,
    H

    1. Que gostoso saber disso, Helena! Obrigada pelo retorno!
      Essa semana resolvi fazer de novo mas percebi que não tinha ovo em casa. Acrescentei mais uma colher de sopa de azeite e um tiquinho a mais de água e o resultado foi ótimo. Talvez você prefira essa versão. : )
      Grande beijo e ótimo final de semana!

  7. Maria

    Me deleito com Elisa na Africa e com voce na cozinha! E de vez em quando, saimos eu e Celia pra colocar o papo em dia! Pois bem, fiz o pão de azeitonas e ficou otimo! Acrescentei um pouquinho de castanha do pará ralada na massa e salpiquei gergelim por cima.Fiquei feliz pois eu não tinha uma receita de pão reduzida (com menos de 1 k de farinha),assim é bem mais fácil de fazer. Bjokas pra vc e parabéns pelo carinho que vc demonstra!

    1. Joyce, muito obrigada pelo carinhoso comentário. Adoro saber pela mamãe das saídas de vocês; quem sabe uma hora dessas coincide com uma ida minha à Vitória e saímos as três?!
      O pão deve ter ficado bem rico! Gostei da idéia do gergelim. Outras duas receitas que recomendo são a de pão de castanha-do-pará e passas, que fica muito saborosa, e a de pão de aipim, que fica muito macia. Ai… bateu saudade de fazer pão… é bem verdade que fiz croissants recentemente; mas não é a mesma coisa!
      Beijo e volte sempre!

  8. Maria, aqui estou de volta pra comentar sobre a minha " padaria"" rsrsrs Eu testei essa receita do pão de azeite 3 vezes. A primeira eu adicionei castanha do Pará ralada na massa e cobri com gergelim, a segunda eu recheei com calabresa moida e coloquei 2 ovos e fubá e ontem eu segui a receita ao pé da letra.Conclui que: se a massa levar 2 ovos,uma quantidade de azeite generosa (colheres bem cheias)e ficar mais molinha ao ser trabalhada, o pão fica mais macio e molhado. A receita com fubá e calabresa também ficou deliciosa!!! Então experimente!!!bjokas

    1. Joyce, estou amando todos esses testes!! É maravilhoso alguém experimentando e modificando as receitas e ainda por cima voltando pra contar o que funciona e o que não. Inclusive fiquei animada pra repetir esse pão no final de semana!!!Farei com os dois ovos e com o fubá! E depois te falo!
      Grande beijo e obrigada por compartilhar suas experiências!

  9. Vânia Junqueir diz:

    Querida Linda Maria linda e linda noite para você,

    Aqui em Brasília deu, a chuva, o seu ar da graça. O tempo está extremamente seco. Mas segue seu rumo para as chuvas de primavera/verão, naturais, nesta terrinha de nosso Deus.

    Quanto a esta maravilhosa receita, você disse, que nasceu de um pão doce, que, pelo que entendi, é um pão doce base, para várias outras opções. Gosto muito disto. Também sempre coloco a minha experiência anterior e a necessidade que tenho em fundir, mudar, em algumas receitas.

    Questão de identidade. Toque pessoal. Novidades!

    Tudo devido a ser, principalmente, ovolactovegetariana e, simultâneamente estar pesquisando novas sementes, portanto, farinhas que podem nos provocar mudanças em nosso estado de ser e estar no mundo, juntamente, com o nosso clima extremamente seco.

    Sabiamente acabei de copiar as duas. Estava atrás de uma rosca doce, e este pão pode ser uma boa deixa para eu seguir nesta pesquisa, afinal, você disse que ela é leve. E eu busco esta qualidade numa rosca,pão. Coisa do universo francês eu acho. E que admiro.

    Então vamos ao teste.

    Depois conto como foi.

    Grande forte abraço para você e a todos os seus,

    VJ.

  10. Dorival arruda diz:

    eu conheço o restaurante do portugues e tambem os pasteis logico quando vi a receita na internet corri fazer pois gosto de cozinhar ficou uma delicia um abraço e obrigado

  11. Dorival arruda diz:

    eu conheço o restaurante do portugues e tambem os pasteis logico quando vi a receita na internet corri fazer pois gosto de cozinhar ficou uma delicia um abraço e obrigado

  12. Dorival arruda diz:

    eu conheço o restaurante do portugues e tambem os pasteis logico quando vi a receita na internet corri fazer pois gosto de cozinhar ficou uma delicia um abraço e obrigado

  13. Dorival arruda diz:

    eu conheço o restaurante do portugues e tambem os pasteis logico quando vi a receita na internet corri fazer pois gosto de cozinhar ficou uma delicia um abraço e obrigado

  14. Dorival arruda diz:

    eu conheço o restaurante do portugues e tambem os pasteis logico quando vi a receita na internet corri fazer pois gosto de cozinhar ficou uma delicia um abraço e obrigado

  15. Dorival arruda diz:

    eu conheço o restaurante do portugues e tambem os pasteis logico quando vi a receita na internet corri fazer pois gosto de cozinhar ficou uma delicia um abraço e obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.