O agradecimento (ou, receita de brownie de chocolate)

Este post é um candidato ao Melhor post do Mundo, da Limetree.

Esta bem poderia ser uma história natalina já que se trata de um brownie dado de presente em pleno dezembro. Mas não é. Esta é a história de um querido escritor, o mais fantasioso e criativo que já existiu na face da terra.

Certa vez, um irmão de vida seu, como esse escritor costumava chamá-lo, veio para São Paulo acompanhar a filha que prestava vestibular. Enquanto ela fazia as provas, eles colocavam a conversa e os passeios em dia. Mas todas as manhãs, antes dela adentrar pelos portões da avaliação, ele olhava no fundo de seus olhos e dizia “Você vai passar, eu tenho certeza!”. E ele realmente acreditava no que dizia. Mais do que isso, ele antevia o brilhante futuro dela.

Depois da última prova ela lhe disse: “Se eu passar, faço-lhe um bolo de chocolate de presente!”.

Ela passou na USP e cursou cinco anos de ensino superior. Quando o destino queria, eles se encontravam e ele gentilmente cobrava “Estou esperando meu bolo de chocolate…” e ela, bem intecionada e amorosa, novamente se programava para tal, mas o tempo lhe escapava pelas mãos. Sempre. Depois de formada, a cada quilômetro que andava, ela se esquecia um pouco mais dessa história. Morou na Argentina, voltou pra São Paulo, percorreu a América Central, chegou à America do Norte, atravessou o oceano e desembarcou em Paris.

Nesse mesmo dia, ela desembarcava lá e eu prestigiava esse escritor aqui, no lançamento do seu mais novo livro. Foi então que eu soube dessa história toda e percebi que eu poderia ser o elo que faltava para concretizar aquele agradecimento.

E enquanto escrevo este post, o brownie assa cheiroso, logo ali na minha cozinha. E muito em breve estará nas mãos de quem por direito o pertence.

Irmã, é um prazer ser a produtora da família! E apesar de estar de férias também dessa função, resolvi abrir uma exceção já que a causa é das mais nobres.

Arrabal, você é muito querido! E para mim é uma honra poder proporcionar o agradecimento da Lica através da minha cozinha.

Ingredientes
200 gramas de chocolate em barra
100 gramas de manteiga
250 gramas de açúcar
3 colheres de sopa de chocolate em pó
3 ovos
150 gramas de farinha de trigo
temperos a gosto (eu usei noz moscada, canela, cravo e gengibre em pó e um toque de pimenta-do-reino moída na hora)
frutas secas e castanhas a gosto (eu usei castanha do brasil, nozes pecan e passas)

Modo de fazer
Derreta o chocolate e a manteiga no microondas ou em banho maria. Misture até alcançar uma consistência homogenea. Acrescente o açúcar e o chocolate em pó, incorpore bem à massa e junte os os ovos, um de casa vez. Tudo bem misturado, peneire a farinha e os temperos e mexa. Por último acrescente as castanhas e frutas secas, coloque tudo num tabuleiro untado com manteiga e polvilhado com farinha e leve ao forno médio pré-aquecido.
Aqui em casa levou 35 minutos, mas sugiro o teste do palitinho antes dos 30 minutos; ele deve sair limpo mas úmido. Retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade. Corte depois de frio.

Dicas: esta receita dá pra bater inteira na mão; leva uns 15 minutinhos, no máximo.
Para quem gosta de sabores mais fortes, sugiro usar chocolate meio amargo e cacau em pó ao invés do chocolate em pó.

Para presentear sugiro embalar em papel manteiga e finalizar com um belo laço de fita. Para porções menores, coloquei o embrulho em papel manteiga dentro de sacolinhas de tule fechadas com fitinhas de veludo.

Essa receita foi inspirada nesta daqui.

Em média, o remédio demora entre 30 e 60 minutos para fazer efeito em homens com disfunção erétil .

Você também pode gostar...

21 comentários

  1. Ai Mary, fiquei emocionada com este conto.
    bjão

    1. Que bom! Atingiu o objetivo então! : )

      Beijo!

  2. eu tb fiquei emocionada com o conto, acho que histórias assim fazem a vida valer a pena!
    E hmmmm acho que vou fazer pro Reveillon hein!
    Tenho quase todos os ingredientes aqui!
    oba! Depois te conto! E conto tb do "sorvettone" que tá no congelador, mas só vai ser traçado amanhã!
    ;o)

    1. Quero mesmo saber do sorvetone!! rs

      Eu já estou na segunda fornada do brownie! Dessa vez com chocolate meio amargo, figo desidratado, pistache, castanha, nozes e passas. Gostei tanto que fiz porções pequenas de presente pros amigos.

      Grande beijo! E feliz Natal!

  3. Que prazer acompanhar esse texto!
    Aproveito para desejar um Natal mais do que especial pra você.
    Bjs.

    1. O prazer é meu por ter a companhia e a leitura de vocês, Gina!
      Um lindo Natal para você também!

      Com carinho,
      Maria.

  4. maria, além de sua vocação inequívoca para as artes culinárias, me parece que em outras artes voce é craque também, a escrita é uma delas!!

    1. Obrigada, Iris!

  5. Adorei a historia!!!
    Que talento, hein??? pra escrever e cozinhar… Tea igual a moça do filme … rsrsrs quando vai escrever seu livro???
    bjs
    Evelyn

    1. Obrigada, Evelyn!!
      Tô só esperando uma editora que queira publicá-lo! Conhece alguém?? rsrs
      Beijo, bom domingo e boa recuperação pro Vareta!

  6. yasmine diz:

    Delícia de brownie!! Acabei de tirar do forno e nem esperei esfriar! Adorei teu blog!!

    1. Que bom que gostou daqui, Yasmine! Seja muito bem-vinda!
      É uma delícia quando os leitores testam as receitas. Melhor ainda quando voltam para contar!! Obrigada pelo comentário.
      Beijo e volte sempre!

  7. Helena diz:

    Oi Maria!
    Fiz essa receita na terça-feira. Como era aniversário do André, coloquei uma cobertura de chocolate, um ganache, pra ficar mais festivo. Um ferrero rocher pra decorar e duas velinhas daquelas q parecem fogos de artifício.
    Como vc pode ver, seu blog está incorporadíssimo à nossa vida.
    Ah, comprei uma sorveteira. Logo, logo vou começar a experimentar as receitas de sorvete!
    Beijos

  8. […] Como contrapartida, ofereço a vocês a leitura de um texto que sempre me emociona, com personagens que adoro e que traz, para fechar com chave de ouro, uma deliciosa receita de brownie de chocolate. […]

  9. Maria Teresa Valente diz:

    Linda sua iniciativa Maria, melhor ainda por que todos ganhamos, obrigada pela receita. Votei, espero que seja a melhor do mundo, abraços carinhosos de Maria Teresa

  10. Obrigada, Maria Teresa! ;*

  11. […] que fiz o primeiro, encontrei uma foto no blog da Simone, o Chocolatria, que me encheu a boca de água. O brownie […]

  12. Olá Maria, tudo bem?
    Lá venho eu lhe perturbar com minhas dúvidas, dicas e etc.., espero não incomodar , mas preciso demais da orientação da minha "guru" inspiradora em bronwie (rsrsr).
    Maria, estou tendo muitos pedidos e, com receio de errar, estou batendo um tabuleiro de cada vez! Ontem, arrisquei bater de uma só vez a quantidade para dois tabuleiros e, aparentemente, ficou bom…mas ainda estou na dúvida se fiz certo, se basta dobrar a receita ponto por ponto? ou precisa adaptar? Apesar de bom, acho (acho pq não pude provar bem) que o gosto da farinha ficou um pouco mais acentuado, apesar de bem molhadinho por dentro.
    Uso exatamente esta receita e medidas que você ensinou neste post. Basta dobrar estes itens, como fiz? ou as medidas precisam ser adaptadas para um receita dobrada?

    Um beijo grande , Sandy

    1. Basta dobrar, Sandy.
      O gosto de farinha talvez indique que falta assar um pouquinho mais.
      No mais, fico feliz que a receita esteja rendendo muitos pedidos.
      Beijo e sucesso!

      Obs.: tentei responder seu e-mail, mas voltou.

  13. Super obrigada pelo retorno, Maria! Fico feliz em contar com a sua ajuda. Hoje mesmo vou tentar, outra vez, bater a receita dobrada e distribuir em dois tabuleiros. Quando você puder, me dá sua opinião sobre o uso do forno elétrico (que tem mais de uma bandeja), são bons para assar brownies? Indica algum tipo? bjs

  14. Maria, ontem a noite fiz a receita dobrada…deu certo! uau! foi um alívio e vai em ajudar muito nas encomendas. O que me diz sobre o congelamento? Altera o sabor, depois de congelado? Li em vários post que pode descongelador naturalmente ou no micro, mas temo que altere o sabor. Assim como, também li que devem ser cozidos em temperatura alta, mas eu estava usando a baixa com medo de queimar o fundo. Nossa! parece que quanto mais tentamos saber, mais dúvidas surgem! rsrsrs bjks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.